Curitiba Antiga  

 

Primeira Farmácia de Curitiba

Farmácia Stellfeld, o prédio branco com o Relógio de Sol está presente até hoje em meio a Praça Tiradentes e faz parte do contexto histórico da cidade.

Primeira Farmácia de Curitiba

Primeira Farmácia de CuritibaFoto: by CtbaOld







Nostalgia em Seu Email, Cadastre-se Gratís Agora Mesmo

Farmácia Stellfeld, o prédio branco com o Relógio de Sol está presente até hoje em meio a Praça Tiradentes e faz parte do contexto histórico da cidade.

Gostou deste site, compartilhe com seus amigos!



Neste prédio funcionava a Farmácia Stellfeld, localizado quase em frente a igreja Matriz, ela é um dos poucos edifícios do século XIX que estão em pé hoje.

Fundada por Algusto Stellfeld, que nasceu no Ducado de Braunschweig (sob o domínio da Dinamarca) em 1817. Alem de ser farmacêutico, Stellfeld lutou como voluntário nas guerras pela independência de 1848 a 1850, onde foi condecorado, tendo uma bela e breve carreira militar. Com o fim da Guerra, Stellfeld veio para o Brasil com seus 34 anos em maio de 1851, rumo a colônia Dona Francisca (Atual Joinville) onde era responsável pela Companhia Colonizada de Hamburgo. Transferiu-se para Paranaguá em 1853, buscando novas experiências, como seu diploma de Farmacêutico não era válido no Brasil, foi ate o Rio de Janeiro para buscar a validação do seu diploma, sendo aprovado após o exame de reavaliação na Faculdade de Medicina do rio de Janeiro em 1855.

O Cólera-Morbos chegou ao Brasil



Com a chegada do Cólera-morbos ao Brasil, varias capitais se preocuparam, aterrorizados, as autoridades de Curitiba procuraram se informar com a população sobre o que fazer, deliberando que fosse criado uma botica com a máxima urgência, pois seria a primeira da cidade.

Com a visão de melhores trabalhos e oportunidades na capital, Stellfeld veio para Curitiba, em 1857. Anunciando no Jornal Dezenove de Dezembro que montaria uma botica bem equipada, residindo provisoriamente na Santa Casa de Misericórdia, mas brevemente passaria seu estabelecimento para a Rua Direita na casa do Sr. Miguel Miller.


O predio definitivo na Praça Tiradentes no largo da Matriz



Stellfeld deu inicio e terminou então a construção de sua farmácia Alemã, localizada no largo da Matriz em 1866. Considerado um avanço nas construções dos prédios para época, usou métodos trazidos pelos alemães, com o projeto do engenheiro Gottlieb Wieland, Gustav Strobel foi responsável juntamente com seu pai pelos trabalhos de carpintaria da farmácia, realizando parte da cobertura do prédio utilizando técnica alemã.

A obra atraia a atenção da população que passava todos os dias e acompanhavam o avanço das obras feitas pelos operários alemães, com técnicas ainda não vistas aqui na Capital. Todo o trabalho da edificação durou onze meses. Com destaque para o Sótão habitável, que até então era novidade para a época, esse foi uma das inovações trazidas pelos alemães, outra muito impactante para a época foi o relógio de Sol, que foi colocado bem ao centro da construção. Para a época a legislação não permitia espaços vagos entre as construções, então como jogada de mestre para a época o engenheiro Wieland camuflou um corredor que dava acesso aos fundos do terreno, colocando um portão anexo a fachada.

Neste mesmo local onde foi construído a farmácia, era a moradia de Stellfeld e sua família, ficando cada vez mais conhecido na cidade, envolveu-se também com causas sociais. Atendeu gratuitamente as famílias dos voluntários da Guerra do Paraguai.

Stellfeld deixou Curitiba em 30 de janeiro de 1894, morrendo. Essa era a data da morte do fundador da primeira farmácia da cidade. Na administração da farmácia ficaram seus dois filhos, Camillo e Edgar Stellfeld que mais tarde mudaram a razão social para Stellfeld & Irmão. Seis anos se passaram e morreu também o Camillo, em 1900. Agora os negócios do pai, ficara sobre a responsabilidade do Edgar Stellfeld. com um olhar mais empreendedor para os negócios, Edgar viajava para a Europa para buscar aperfeiçoar a farmácia, com equipamentos mais novos e modernos para a época.

Veio a Primeira Guerra Mundial



Com o período de Guerra, os negócios tendem a ir mal, logo já conhecida Farmácia Stellfeld já passava por dificuldades. Já me 1930 uma parte do prédio que servia de moraria para a família, foi sublocada para consultórios médicos.

Chegou a vez de Edgar deixar o comando da farmácia, passando para o seu filho Carlos Stellfeld, juntamente com sua mãe. A partir dai a farmácia chamava-se Stellfeld, Irmão & Cia. O negocio de farmácia na capital estava prospero, foram fundadas outras filiais. até 1970, onde foi vendida para uma rede de farmácias da cidade.


[Boletim Informativo da Casa Romário Martins V. 24 n120 jul 1997]

Ei, participe com seu comentário aqui em baixo:




Menus Principal




Sugestões Curitiba Antiga

Largo - Largo da Ordem, em 1975
Largo da Ordem, em 1975


Praça Tiradentes - Praça Tiradentes na década de 50
Praça Tiradentes na década de 50


Estádio Joaquim Américo Baixada do Atlético - Baixada do Atlético em 1958 e 2012 antes e depois foto aérea
Baixada do Atlético em 1958 e 2012 antes e depois foto aérea


Praça Carlos Gomes - Praça Carlos Gomes ano de 1870
Praça Carlos Gomes ano de 1870


Rua XV de Novembro - Calçamento da Rua XV de Novembro esquina com Monsenhor Celso em 1972 prefeito Jaime Lerner
Calçamento da Rua XV de Novembro esquina com Monsenhor Celso em 1972 prefeito Jaime Lerner


Portão - Instalação do Asfalto na Avenida República Argentina em 1952
Instalação do Asfalto na Avenida República Argentina em 1952



Procurar